quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Linha do tempo

O presente reflete o passado,
um tempo que não passou.
Um assunto inacabado,
uma história que não terminou.

Analgésicos já não me servem.
A eutanásia não é solução.
Eu quero a paz que me devem,
tranquilidade no coração.

Agora só me preocupo em agradar
a quem me dá valor.
Com os que sabem valorizar
e retribuem com amor.

A realidade é surreal
e nos acostumamos com a dor,
mas sofrer não é normal.
Quero um presente a meu favor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário