terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Beija-flor

Para no ar,
para a dor passar
e volta a voar
vindo nos abençoar

Beija a flor,
pois transmite calma,
traz amor
e paz pra alma

De um outro mundo é mensageiro
Voa ligeiro o beija-flor,
que faz de seu bico a flecha de um arqueiro,
para da flor sugar o néctar e matar o temor.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Clímax

O cheiro do amor
impregnando o quarto
e com um involuntário tremor
sugo o seio farto

De um corpo que se encaixa
perfeitamente ao meu
e numa voz baixa
seu gemido me enlouqueceu

Corações acelerados e arrepios
já não são possíveis controlar.
Sua língua vira o pavio
que fará meu gozo estourar

Num momento só nosso,
iremos ser só você e eu
e entre suas pernas eu posso
sentir como é bom chegar ao apogeu

Te ver curtindo e gostando
me dá muito prazer.
Gosto da gente se amando
Quero estar sempre com você.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

A hipocrisia mata

Virar a esquina e parar,
com um cano na testa,
só me dá certeza de que legalizar
pode acabar com a festa

Quem atira, mata pra defender,
sem se importar com o malefício que é proteger
os ganhos daqueles que também gostam de acender,
resguardando o vício pelo lucro, pelo poder.

A hipocrisia "apaga" quem está no conflito,
quem é pobre e não tem oportunidade,
aquele que aflito, é excluído da sociedade,
enquanto o rico segue fumando em sua propriedade.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Ponte para o futuro

Na ponte há um pedágio
que o trabalhador irá pagar,
enquanto a elite ganha no ágio
e com o suor dos que vão se sacrificar

Pro passado essa ponte
irá nos levar
e o futuro será um horizonte
quase impossível de se alcançar

É TEMERoroso o que nos espera
censura, repressão e retrocesso.
Iremos voltar uma era.
A democracia foi posta em recesso.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Linha do tempo

O presente reflete o passado,
um tempo que não passou.
Um assunto inacabado,
uma história que não terminou.

Analgésicos já não me servem.
A eutanásia não é solução.
Eu quero a paz que me devem,
tranquilidade no coração.

Agora só me preocupo em agradar
a quem me dá valor.
Com os que sabem valorizar
e retribuem com amor.

A realidade é surreal
e nos acostumamos com a dor,
mas sofrer não é normal.
Quero um presente a meu favor.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Do fundo do poço

Os metais já não pesam,
falta lastro pra sustentar.
Dificuldades não cessam,
falta comida pra alimentar

Nesses dias vem o dilema
e nos sobram problemas,
expondo a todos o edema
que é amenizado nos poemas

O ouro virou latão
e aí veio um novo olhar
O mito da caverna, de Platão,
um horizonte diferente à explorar

Sempre há uma saída,
mas é preciso persistência
Caminhar sem recaída.
A vitória vem com a paciência

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Pirata, o anti-herói

O pirata em sua nau
navega pelo mar
Com cara de mau,
cabelos ao vento, ele quer festejar

Bebendo muito rum, um anti-herói
que vai dos ricos a riqueza tirar
Se embriagando para esquecer o que dói
parando em terra firme pra saquear e pilhar

Vento e vela
o permitem sonhar
com uma mulher bela
e um bom lugar para o ouro gastar.